Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


SEGREDOS QUE O RH NÃO IRÁ LHE CONTAR

Quarta-feira, 20.06.12

Ah, os profissionais de recursos humanos inescrutáveis – conhecidos como especialistas em RH, coordenadores de RH, ou apenas as “pessoas lá de cima”. Eles sabem quem tem sido malcriado ou gentil. E os funcionários brasileiros – desesperados para se manterem em seus empregos – sabem que devem ter cuidado. Pedimos a 15 profissionais de RH que nos contassem o que realmente acontece por trás das portas do Brasil corporativo. Se você usar essas dicas para se manter no emprego ou conseguir um, verá que todos esses profissionais acabam se mostrando humanos – e talentosos.

 

Contratação e Currículo

 

“Em geral, a carta de apresentação não é lida. As informações importantes estão no currículo” Daniela Ribeiro, gerente da Divisão de Engenharia da Robert Half, multinacional de recrutamento, SP

 

“Não faça do seu currículo um testamento. Tente mantê-lo com uma página e uma folha de referências. Se não tiver espaço para toda a informação, não reduza o tamanho da letra. Isso só irá fazer com que o empregador perca o interesse em ler.” Site net-empregos.com

 

“Hoje o computador lê os currículos e classifica todos os dados a partir de palavras-chave. Quanto mais o candidato disponibilizar informações corretas a respeito de si e elas coincidirem com a descrição do emprego, mais chances terá de ser chamado.” Jorge Mattos, presidente da ETALENT

 

A Entrevista

 

“Se você é um candidato e o entrevistador gosta de falar muito, entre na conversa, mostre estar em sintonia com ele. Você vai mostrar que é um ótimo ouvinte.” Daniela Ribeiro, gerente da Divisão de Engenharia da Robert Half, multinacional de recrutamento, SP

 

“Jamais – eu disse jamais – deprecie as empresas ou as pessoas com quem já trabalhou. Manter uma postura ética é vital par ao sucesso. Se o motivo da saída foi delicado ou espinhoso, diga apenas que saiu por possuir idéias distintas. Caso ainda esteja trabalhando, diga que quer crescer profissionalmente.” Thiago Dantas, no site blog.manager.com.br

 

“Celular tocar numa entrevista é fatal. Não basta colocar no modo silencioso. Tem de estar dês-li-ga-do!” Edson Rodriguez, em Conseguindo resultados através de pessoas

 

“Quando o entrevistador chegar, levante-se, olhe diretamente nos olhos dele e o cumprimente com um firme aperto de mão. Entrevistadores odeiam apertos de mão ‘moles’ e fracos. Muitos candidatos são excluídos nesse momento.” Roberto Caldeira

 

“É péssimo chegar a uma entrevista e mostra desconhecimento sobre a empresa. Demonstra descaso. Eu já desconsiderei vários candidatos por conta disso.” Jorge Matos

 

“Se foi demitido, só conte se for perguntado. Diga apenas que foi uma reformulação. Eu não vou ligar para o RH. E quando me ligam, dificilmente digo que o empregado faltava. É muito difícil chegarem as referências.” Jaqueline Silveira Mascarenhas

 

“Saiba como pronunciar um nome e não troque o nome do entrevistador. Nosso nome é o que soa melhor aos nossos ouvidos.” Daniella Ribeiro

 

“Dê respostas curtas. Um minuto cada uma, no máximo. Se o entrevistador quiser saber mais, vai perguntar. Muita gente se perde quando o entrevistador diz: ‘Fale um pouco sobre si mesmo.’ E o candidato começa pelo dia em que mãe engravidou.” Max Gehringer, em Emprego de A a Z

 

“É preciso conhecer a cultura da empresa. Se ela for formal, vista-se dessa maneira e trate o entrevistador com formalidade. Mas se for informal, tente demonstrar descontração. É sempre bom se preparar, ver o site da empresa, ver se conhece alguém que trabalha lá e descobrir o jeitão de quem vai entrevistar você.” Silvio Celestino, sócio da Alliance Coaching

 

“Se você não se dava bem com seu chefe, não dê o telefone dele como referência. Em vez disso, dê o telefone de um colega de trabalho. Não faça inimigos ao sair, deixe as portas sempre abertas.” Edson Rodriguez

 

As perguntas favoritas

 

O pessoal de RH deixou de lado perguntas como “qual o seu ponto fraco?”. Hoje, preferem indagações com base no comportamento e lhe pedem para descrever como você lida com situações específicas. Eis algumas das perguntas favoritas:

 

Por que devo contratar você; como você pode contribuir para a empresa?

 

Onde você se vê daqui a cinco anos caso venha a trabalhar aqui?

 

Como construiu sua trajetória profissional e que resultados alcançou?

 

Qual a sua relação com o dinheiro?

 

Conte uma experiência em que teve de liderar um grupo de pessoas.

 

De quais atividades de aperfeiçoamento você participou, fora do local de trabalho, ao longo do último ano?

 

Conte uma negociação (ou tarefa) complexa que tenha feito.

 

Por que você fez diferença na empresa onde trabalhou?

 

Você trabalha bem sob pressão?

 

Tente me vender este copo.

 

Você poderia me gerenciar?

 

Histórias Horrorosas

 

“No meio da entrevista, o celular do candidato tocou. O candidato parou de falar e olhou para o entrevistador. E o entrevistador olhou para ele. E o celular ali, tocando. Bastava desligar o celular. Mas o candidato, como que impelido por uma força sobrenatural e fora de seu controle, atendeu a ligação, e perdeu a vaga.” Max Gehringer, em Emprego de A a Z

 

“A mãe veio no lugar do entrevistado, trazendo o currículo. ‘Meu filho está gripado. Pode perguntar o que quiser que eu respondo.’ O processo seletivo terminou ali.” Jaqueline Silveira Mascarenhas

 

“O perfume da candidata era tão forte que nosso entrevistador teve de deixar a porta aberta” Ana Sílvia Sanseverino

 

“Era uma dinâmica de grupo para uma empresa de telefonia. Na hora de falar, o candidato trocou o nome da empresa pelo da concorrente.” Jorge Matos

 

“É comum namorados e maridos que acompanham as companheiras para a entrevista, avaliam o lugar de cima a baixo, checam o chefe, o ambiente e possíveis riscos que ela possa correr. Em grande capitais, isso pesa negativamente. Espera-se que haja um mínimo de independência em um profissional.” Roberto Caldeira

 

Dispensado, demitido

 

“Se você começa a ser excluído de decisões, trabalhos e reuniões, é porque está sendo ‘fritado’. E o terrível é que, quando o processo de fritura começa, já não há muito a fazer. Você está prestes a ser demitido.” Edson Rodriguez

 

“Quando uma empresa não está disposta a ouvir o feedback, você só estará comprando briga. Se está disposto, vá em frente. Mas antes decida se quer brigar ou não.” Jorge Matos

 

Nós desconfiamos de você, você desconfia de nós

 

“Há pessoas que usam o e-mail para buscar outro emprego ou passar informações. E-mail é ferramenta da empresa, e ela vai acompanhar como ele é usado. Legalmente, a empresa pode adotar esse procedimento.” Jaqueline Silveira Mascarenhas

 

“Faltas por doença seguem uma média. Aqueles que exageram e reincidem nas faltas acabam levantando suspeitas. Neste caso, a empresa pode solicitar exames em um médico de confiança ou ligar para o médico para verificar se o atestado é verdadeiro.” Roberto Caldeira

 

Detalhes sujos

 

“Nas entrevistas para uma empresa em que já trabalhei, notamos que alguns candidatos tinham problemas com a higiene pessoal. Optamos por dar um kit com pente, sabonete, escova de dentes e desodorante. Foi uma forma de dizer as normas da empresa.” Jaqueline Silveira Mascarenhas

 

“A falta de comunicação assertiva gera desentendimentos. Um funcionário antigo com excesso de trabalho fica zangado porque um funcionário novo não oferece ajuda. O funcionário novo fica aborrecido porque acha que o antigo não confia nele pois, mesmo sobrecarregado, não pede ajuda.” Roberto Caldeira

 

Bla, bla, bla

 

“Se a empresa pede ao funcionário para viajar e ele não aceita, isso pode significar o fim do emprego. É melhor ativar sua rede de contatos depois disso.” Roni Chittoni

 

“Quando os funcionários são convocados para um dia ou um fim de semana de treinamento, à ‘boca miúda’ se escuta: ‘De novo?’, ‘É tudo a mesma coisa’. Os comentários ocorrem porque as empresas não modernizam os treinamentos.” Eugênio S. Queiroz, no site rh.com.br

 

 

Fonte: Revista Seleções – Agosto de 2011

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por INESUL às 19:56

13 comentários

De Felipa Gui a 08.05.2017 às 20:08

Sinceramente pra falar a verdade e pra aprender a escrever correto também.
Mim? É ME perguntaram....

Comentar post



Comentários recentes

  • Nino

    Nem todo mundo ama essa prisão corporativa em que ...

  • Felipa Gui

    Sinceramente pra falar a verdade e pra aprender a ...

  • Katherine

    Oi eu tenho uma dúvida, se eu fui aprovado em um p...

  • Saulo

    Sera que os profissionais de RH leram esses coment...

  • Anónimo

    INCRÍVEL QUANDO VOCÊ ESTÁ EM UMA ENTREVISTA CONTAN...