Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Pesquisar

 


Recuar não significa desistir

Quarta-feira, 25.07.12

 

Apesar de passados muitos séculos à vontade de crescer e vencer ainda continua sendo a mola propulsora do ser humano. Claro que através de meios menos drásticos.

 

Aprendemos desde cedo a não desistir de nossos objetivos e convicções. A sociedade em geral trata isso como sinônimo de caráter, mas temos que tomar cuidado para não passarmos por teimosos, alem disso, dar murro em ponta de faca é perda de tempo. Não estou dizendo que devemos desistir de objetivos difíceis, muito pelo contrário. Mas às vezes é preciso saber o momento certo de recuar, repensar a estratégia e fazer uma bela reciclagem de si mesmo ou de sua equipe.

 

Para isso necessitamos reavaliar os caminhos que estamos trilhando e se estão ou não estão na direção certa, e fazer disso uma rotina. O que precisamos fazer para corrigir os erros de trajeto? Temos que mudar nossa compreensão, nossos valores, nossos costumes, nossos comportamentos?

 

Em primeiro lugar, se chegamos à conclusão que tomamos um caminho errado no passado, como devemos agir?...Certamente parar, e reavaliar qual deveria ser o caminho correto.

 

Isso exige muita coragem, olhar para traz e admitir que estava na trilha errada, que a escolha que fez está lhe afastando cada vez mais do caminho pretendido, com certeza causa uma grande dor. , mas é necessário para que voce realinhe seu caminho aos seus objetivos.

 

Cada homem e mulher possuem metas pessoais, ideais que trazem dentro de si. Trazê-los à tona, não deixar que estes projetos íntimos fiquem engavetados, empoeirados pelo tempo, se constitui na tarefa do momento. Aquele, porém, que detém seu pensamento nas dificuldades, já perdeu uma parte da batalha que um dia será travada.

 

Uma das causas de fracasso mais comuns é o hábito de desistir, quando se é acometido de derrota temporária. Todos são culpados, desse erro, numa ou noutra ocasião.

 

Todos os gurus do sucesso são unânimes em dizer que você não pode desistir nunca. Para alcançar o sucesso você tem que persistir no fracasso, no ceticismo, nas rejeições, e em todas as outras coisas negativas da vida. Você deve ter ouvido o dizer que o sucesso é uma viagem, não um destino. Na viagem do sucesso, a única vez que você com certeza não é um sucesso é quando você desiste da viagem.

 

A vida sem objetivos bem delineados se asseme-lha a barco em alto mar e sem leme, à mercê dos ventos e das tempestades, apenas aguardando o momento do naufrágio.

 

Primeiro entenda que mesmo que suas intenções sejam as melhores, seus objetivos podem precisar ser revistos. Você pode ter um objetivo nobre, ou pode ser simplesmente a realização de um projeto pessoal. Ainda assim, nem sempre é algo que dará bons resultados. Avalie seus objetivos muito bem, pois você pode tornar a vida melhor ou pior dependendo da forma que pretende alcançá-lo. Examinar suas reais motivações, ganhos, perdas e riscos são fundamentais para a formulação de bons objetivos a se perseguir. É assim que fazem os vencedores: objetivos balizados em motivações saudáveis, ações positivas e resultados benéficos. Há um velho provérbio que diz: "A sorte adora atitudes promissoras".

 

Muitas vezes nos questionamos sobre: "Se algo está faltando", "Se há algo que ainda não encontrei?" "O que a Vida ainda espera de mim?" São justamente estas colocações que nos obrigam a refletir a cada ciclo que se encerra, sobre nossos objetivos e metas.

 

É inadiável nestes momentos reexaminar os projetos até agora executados e avaliar quais deles continuam a ter realmente sentido para nós. Quais deles nos trazem real motivação para os nossos dias e quais outros já não nos servem mais.

 

Mas como fazer isso?

 

Imagine-se no Natal de 2020 , 2021 ... , escrevendo a um amigo sobre tudo o que lhe aconteceu nos últimos cinco anos. Deixe a imaginação fluir e coloque no papel as suas maiores aspirações profissionais e pessoais. Mas procure construir uma história verossímil. Nada de descrever uma apenas uma seqüência de conquistas que não cabem em cinco anos ou que parecem impossíveis de realizar.

 

Esse é o exercício, sugerido pela consultora Vicky Bloch, presidente para a América Latina da consultoria de carreira DBM, vai ajudá-lo a selecionar prioridades e servirá como ponto de partida para o planejamento de vida.

 

Mas que de nós nunca foi vítima de uma vontade quase incontrolável de desistir? É uma tentação quase irresistível, e todos os humanos já foram submetidos ao teste de continuar quando todas as opções apontam para o fim da linha.

 

Não desistir nunca é um ato único, é uma tarefa cotidiana. São pensamentos e ações que precisam estar todos os dias na nossa pauta principal. É levantar a cada manhã e renovar votos de tentar mais um pouco, de não ceder às pressões e de não recuar diante dos desafios que terá. Dizer isso sem ainda saber o que irá acontecer nas próximas 24 horas, com a certeza lhe garantirá vigor para continuar enfrentando os desafios.

 

Para isso necessitamos de estratégia, ou seja, um conjunto de passos mentais e comportamentais usados para realizar um objetivo específico.

 

A estratégia estabelece os caminhos, os cursos, as ações que devem ser seguidas para que se alcance os objetivos estabelecidos. Quando ouvimos a palavra "estratégia" lembramos de militares em combate, reunidos traçando planos para a conquista do território inimigo, o que é verdade, pois ela surgiu na Grécia antiga nos campos de batalha - os comandantes dos exércitos gregos eram chamados de "estrategos".

 

Quantas pessoas passam a vida com planos interessantíssimos, mas acabam supondo que suas idéias são desprezíveis? Não deixe que suas idéias caiam no esquecimento, por medo a cair!

 

Nathan Goldman na década de 30 produziu os primeiros carrinhos de supermercado a partir de duas cadeiras dobráveis que tinha recebido na sua loja para venda.

 

Bethe Nesmith Graham, ganhou em sua empresa uma máquina de escrever elétrica e de tanto usar borracha para apagar erros, até se adaptar a sensibilidade das teclas, inventou na década de 60 o "liquid paper", que em 1979 vendeu a Gilette por 48 milhões de dólares.

 

Todos eles e muitos mais, sem exceção, foram alvo de brincadeiras, quando comentaram suas idéias.

 

Existem diversos caminhos de um ponto A para um ponto B, alguns mais curtos outros mais longos, sendo que nenhum deles pode ser de forma unânime eleito o correto.Mas uma coisa é certa, se você pretende ir ao ponto B e não sabe onde está, ninguém poderá ajudá-lo. Para crescer você deve saber onde está e para onde quer ir, mesmo que para isso mude de caminho algumas vezes.

 

Vi recentemente essa frase "Jamais vou desistir de mim" e acho que deveríamos deixá-la sempre a vista, pois demonstra a essência da persistência e autoconfiança.

 

Link:

Autoria e outros dados (tags, etc)

por INESUL às 12:41


Comentários recentes

  • Anónimo

    Porém eu lhe digo Felipa Gui, existem pessoas que ...

  • Nino

    Nem todo mundo ama essa prisão corporativa em que ...

  • Felipa Gui

    Sinceramente pra falar a verdade e pra aprender a ...

  • Katherine

    Oi eu tenho uma dúvida, se eu fui aprovado em um p...

  • Saulo

    Sera que os profissionais de RH leram esses coment...