Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Pesquisar

 


Como fazer Marketing de baixo custo

Quarta-feira, 25.07.12

Por Alessandro Basile* | Mundo do Marketing

 
Vou abrir a série de posts  com dicas muito práticas e de fácil implantação para a grande maioria das PMEs brasileiras. A cada período publicarei novas. Acompanhe!
 
Mesmo com poucos recursos, mas com criatividade e determinação, é possível desenvolver um plano de Marketing, com ações que contribuam para o crescimento dos negócios. Empreendedores buscam, cada vez mais, técnicas de Marketing adaptáveis às características de seu mercado por razões muito simples: concorrência feroz, queda na margem de lucro, globalização, entre outras situações. Neste mercado cada vez mais concorrido, a empresa que estabelece meios de comunicação com seus clientes melhora sua exposição e imagem, amplia seu mercado e aumenta seu faturamento.
 
Sendo assim, descrevo abaixo algumas dicas simples de como o pequeno e médio empreendedor poderá se diferenciar da concorrência adotando técnicas que denominamos Marketing de baixo custo:
 
Marketing em casa
Monte um pequeno grupo de Marketing com os funcionários da empresa. Faça reuniões para colher ideias, discutir lançamentos de produtos e definir ações rápidas que possam ser conduzidas internamente. Outra alternativa interessante é terceirizar o seu “departamento” de Marketing, da mesma forma que você terceiriza sua contabilidade.
 
Por experiência, garanto que muitos dos pequenos e médios empresários estão vivendo em outro mundo quando se trata de Marketing. Com exceção de alguns poucos empreendimentos que surgiram bem planejados e capitalizados, a grande maioria vem trabalhando com conceitos ultrapassados de Marketing e com isto se frustrando e perdendo dinheiro.
 
Para não se frustrar veja abaixo mais uma dica. Vamos começar pelo básico:
 
A Imagem do seu negócio
Mais importante do que você pensa sobre a sua empresa é o que seus clientes pensam dela. E dificilmente a imagem que temos da nossa empresa é a mesma que os outros têm. A questão é que, se os clientes veem a sua empresa de uma maneira negativa, é isso que ela será, mesmo que você discorde totalmente da opinião deles.
 
Alguns fatores que contribuem para a formação da imagem de sua empresa são a qualidade de seus produtos ou serviços, um bom dia mal-humorado de sua recepcionista, o logotipo e ainda costumo dizer que até o desodorante vencido de seu boy comunica. Fique atento!
 
*Sobre o autor: Alessandro Basile é empresário da área de comunicação há mais de 10 anos, publicitário, com pós-graduação em Comunicação com o Mercado pela ESPM e Consultoria Gerencial pela FGV. Com mais de 20 anos de experiência profissional, atuou como executivo de marketing em importantes grupos privados nacionais. Atua desde 1999 na área de Marketing para Pequenas e Médias Empresas, atendendo mais de 150 empresas de diversos setores. Autor de artigos e Cases voltados a Pequenas e Médias empresas.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por INESUL às 12:44


Comentários recentes

  • Nino

    Nem todo mundo ama essa prisão corporativa em que ...

  • Felipa Gui

    Sinceramente pra falar a verdade e pra aprender a ...

  • Katherine

    Oi eu tenho uma dúvida, se eu fui aprovado em um p...

  • Saulo

    Sera que os profissionais de RH leram esses coment...

  • Anónimo

    INCRÍVEL QUANDO VOCÊ ESTÁ EM UMA ENTREVISTA CONTAN...